Residência Abranches

Local: Curitiba |  Área: 225,00m²  |  Ano: 2020

 

O Projeto de Arquitetura e Interiores para uma residência unifamiliar em um condomínio fechado foi elaborado na modalidade Hackaton (concurso de ideias) aberto a todos os arquitetos e urbanistas incubados em nossa comunidade. A cliente buscou o Atelier 1901 pela possibilidade de apresentar a sua demanda específica e receber várias propostas, cada uma delas desenvolvidas por profissionais diferentes.

A escolha do vencedor é realizada pela cliente a partir da apresentação dos projetos pelos autores.

O processo é muito democrático e totalmente transparente.

Confira abaixo as 05 propostas apresentadas.

Equipe 01

Proposta das arquitetas incubadas no Atelier 1901 Eloise Burg e Luiza Sessegolo. 

"A casa Brazil reflete a identidade brasileira: tropical, alegre e aconchegante. A criação de pátios internos, por meio de recortes do volume da casa permitem que os feixes de luz entrem na edificação por grandes períodos do dia fazendo com que a casa seja muito iluminada e quente. Além disso fazem com que seja possível ter um visual da natureza presente no terreno praticamente de todos os pontos da casa. Esse recorte também traz maior liberdade para o setor social presente no térreo e dessa forma os dois volumes desfrutam do jardim de maneiras diferentes. Em seus materiais, as paredes de cobogó vazado, grandes aberturas com esquadrias em madeira, ladrilho hidráulico, piso vinílico e piso de concreto queimado, reforçam a identidade brasileira". 

Equipe 02

Proposta das arquitetas incubadas no Atelier 1901 Isabelly Zucco e Loren Dias.

"O projeto foi desenvolvido a partir do proposito de criar uma casa afetuosa e com características brasileiras. Os ambientes de estar/cozinha são integrados com o estar externo e jardim. Outra condicionante foi a criação de módulos para execução a seco dessa casa, então padronizamos 1 modulo principal e a partir dele organizamos os ambientes. Para a materialidade decidimos por madeira e vedações brancas, pois aproveitamos a oportunidade de uma construção em "wood frame" para valorizar o material principal da estrutura.
A casa considera as visuais do terreno que são voltadas para um bosque, além de possuir aberturas favoráveis para o conforto térmico e muita vegetação para o conforto psicológico."

Equipe 03

Proposta do arquiteto incubado no Atelier 1901 Gabriel Mattos. 

"A forma final da residência ficou definida a partir dos critérios de preferências de tipologias expressados pelos clientes, em um estilo referente às casas de arquitetura vernacular brasileira. Seu formato de “U” tem como intenção aproveitar o máximo do terreno, abraçando um grande quintal, com potencial para uma gama diversificada de vegetação, além de um espaço aberto para lazer e recreação. Os telhados têm seus desenhos e
caimentos pensados para aproveitar o máximo da eficiência energética, com angulação ideal para aplicação de placas solares, tanto para aquecimento como para produção de energia. Também possuem uma formatação em “Shed” com janelas fitas para aproveitar a iluminação e ventilação natural passiva".

Equipe 04

Proposta das arquitetas incubadas no Atelier 1901 Maria Fernanda Hayashi e Nágila Hachmann.

"O telhado de águas assimétrico, uso de materiais naturais como a madeira e pedra caracterizam o visual do projeto. Para maior aproveitamento da insolação no gramado e captação da luz e calor da face norte, foi implantada a edificação rente ao recuo obrigatório da parte sul do terreno, dessa forma a casa abraçou a área verde, na parte norte, através da área social. A entrada principal é conduzida por vegetação e um caminho pela lateral, enfatizando a sensação de privacidade desejada pelos moradores e marcando a setorização entre espaços de estar, circulação vertical e espaços para hóspedes que compreende uma suíte".

Equipe 05

Proposta das arquitetas incubadas no Atelier 1901 Ariane Jasinski e Manuela Martins.

"Toda a área do térreo compreende os setores social e de serviço, incluindo uma pequena porção íntima (quarto de  hóspedes) que está localizado para a mesma insolação que os demais quartos. O acesso principal dá acesso
rápido para a parte superior, cozinha e visitas, sem a necessidade de grandes fluxos. A garagem possui um acesso de serviço direto para lavanderia e cozinha, para facilitar fluxos de lixo e compras. As áreas de cozinha, sala de estar e jantar são integrados entre si e com o externo (churrasqueira). As grandes porta-janelas quando recolhidas geram um ambiente único. Ao fundo um grande jardim e redário".

CREATIVES

INNOVATORS

THINKERS

(41) 3069.1901 | (41) 98733.9932

contato@atelier1901.com.br