Local: Curitiba  |  Ano: 2020  

No formato de um hackathon – termo popular na área de tecnologia que consiste em uma maratona de desenvolvimento de projetos (de programação, como ficou conhecido) - a partir de uma necessidade com um prazo determinado para conclusão e apresentação da solução. Reunindo mais de 30 arquitetos incubados, que apresentaram propostas para o quiosque do Tour O Que Fazer Curitiba em um shopping da capital paranaense.

Confira abaixo as 03 propostas selecionadas pela equipe de jurados.

Proposta 01

O projeto dos arquitetos incubados no Atelier 1901 Luiz Motta e Daniella Siewerdt para o quiosque de venda do Tour O Que Fazer Curitiba, teve como conceito a identidade curitibana somada à mobilidade urbana, já que a marca incentiva o passeio e promove experiências em diversos estabelecimentos, pontos turísticos e espaços gastronômicos da cidade. A partir disso, a icônica estação tubo, projetada pelo famoso arquiteto curitibano Jaime Lerner, foi escolhida para a identidade do projeto, por, além de representar Curitiba, ser a materialização da mobilidade, o “tour”. Além disso, diversos elementos foram inseridos para expressar a essência da marca, como as cores, o neon, as fotos polaroid, o estofado requintado e a iluminação, elemento pensado para melhor qualidade de fotos em seu exterior e interior.

Proposta 02

Assim como o Tour, o quiosque OQFC é um espaço em de passagem em que as pessoas possuem diversas possibilidades de experiências diferentes na cidade de Curitiba. O elemento escolhido pelas arquitetas incubadas no Atelier 1901 Ana Paula Bazana, Andriele Bedin, Bianca Marques e Eloise Burg para a criação de um portal de experiências é o "Arco", contemplado na estrutura autoportante retilínea em conjunto com a tela metálica, visto que é um elemento muito característico de Curitiba, como Jardim Botânico, Ópera de Arame, e diversas construções históricas. A repetição dessa estrutura em arco gera um ambiente "instagramáve" em diferentes faces, onde uma estrutura se torna interativa e causa curiosidade nas pessoas ao redor. Através dos pórticos os usuários do mall são convidados a entrar e desfrutar de uma nova experiência. 

Proposta 03

Para o projeto do quiosque, as arquitetas incubadas no Atelier 1901 Fernanda Camacho, Giulia Viana e Milena Pszepiura, utilizaram a arquitetura clássica de Curitiba de uma maneira mais contemporânea. Propuseram que o Tour começasse já ali no shopping, de maneira interativa. O passeio inicia-se pelo corredor dos arcos com LED, com dispositivos interativos como placas com os parceiros do Tour separados por categorias, incentivando as pessoas a conhecerem melhor o que a marca tem a oferecer. Do lado de fora do corredor temos duas áreas "instagramáveis": uma fachada de acrílico azul com o logotipo do Tour e outra logo ao lado do caixa, como uma cabine fotográfica revestida de petit-pavé no piso e vegetação. Um totem foi proposto para que o cliente tenha acesso aos produtos e, logo abaixo, um botão que oferece cartões com dicas de O que fazer em Curitiba. 

CREATIVES

INNOVATORS

THINKERS

(41) 3069.1901 | (41) 98733.9932

contato@atelier1901.com.br